Geranium-LOGO-H1
Constelação familiar

Constelação Familiar – Técnica terapêutica que pode resolver conflitos passados por gerações.

Compartilhe com os amigos:

Questões e padrões de comportamento repetidos por gerações entre parentes, mesmo aqueles que você nem conheceu ou que já faleceram há tempos, podem gerar dor e travas na sua vida.

O grande desafio da Constelação Familiar é justamente olhar dentro de uma família e entender as repetições que acontecem ali, muitas vezes inconscientes, e então romper esse ciclo através de uma liberação emocional e sistêmica das dores e das travas que essas repetições podem trazer.

A Constelação Familiar é uma terapia alternativa desenvolvida pelo teólogo, filósofo, pesquisador e psicoterapeuta alemão Bert Hellinger, considerando conceitos energéticos e fenomenológicos. Tem sido amplamente aplicada para identificar, compreender e tratar transtornos psicológicos, especialmente aqueles gerados pelas relações familiares.

Constelar e constelado: saiba como a terapia funciona.

A dinâmica de Constelação Familiar pode acontecer em grupo ou individualmente.

Familiares, mesmo os envolvidos no problema do constelado, não precisam participar. Até porque surgem questões envolvendo parentes já falecidos. Só que o fato de a pessoa não estar presente ali não significa que não está presente na vida de quem vai constelar.

Na sessão são recriadas cenas e situações que envolvem os sentimentos e sensações que o constelado sente sobre sua família. São utilizadas perguntas, provocações, diálogos e elementos como bonequinhos ou pequenas esculturas de pessoas, representando de forma visual e tátil os membros da família e seus papéis.

Como todo trabalho terapêutico sério e sistêmico, o pós-sessão e os insights que surgem de uma sessão são intensos, importantes e devem ser trabalhados e acompanhados com todo o cuidado.

Que tipos de questão podem ser abordadas na Constelação Familiar?

Durante o processo, o mais comum é o constelado perceber que vem repetindo padrões de seus antepassados, mesmo que nunca os tenha conhecido. As questões abordadas e identificadas envolvem principalmente:

– Relacionamentos com o pai e/ou mãe, como a dificuldade de aceitar comportamentos deles que o constelado condena, mas que não consegue deixar de repetir.

– Conflitos com filhos adolescentes.

– Destino familiar recorrente, como dificuldades em lidar com dinheiro e de manter uma carreira estável, amizades tóxicas, relacionamentos afetivos abusivos.

– Perdas familiares.

Existe algo de místico ou religioso na Constelação Familiar?

A Constelação Familiar é uma técnica terapêutica com base no inconsciente individual e coletivo. Como o inconsciente é algo abstrato e invisível, por vezes a terapia é confundida como recurso místico ou de fundamentação religiosa.  

Mas é uma técnica que vem ganhando força devido a seus excelentes resultados, sendo inclusive reconhecida e oferecida pelo SUS, dentro do Programa Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC). 

Mas como o próprio nome do programa do SUS diz, é uma terapia que não substitui sozinha a psicoterapia convencional, e pode – e deve – ser combinada com Psicologia e também outras terapias alternativas e complementares como Acupuntura, Microfisioterapia, Reprogramação Biológica, Thetahealing entre outros.

As situações expostas nesse artigo são familiares para você? Então marque sua consulta com nossa especialista em Constelação Familiar, a psicóloga Dra. Rejane Bianchini. E venha constelar.

Lembre-se, nossos profissionais estão sempre prontos para lhe atender, clique abaixo para agendar sua consulta.

Deixe um comentário

• Quem Somos

O Instituto de Saúde Geranium veio suprir uma necessidade ao ser a primeira clínica com atendimento multidisciplinar de saúde integral de Medianeira e região. Um local que reúne várias especialidades médicas no mesmo endereço, proporcionando principalmente economia de tempo, cada vez mais valioso no corrido dia a dia.

• Postagens Relacionadas

• Siga-nos